Velocidade de processamento

Velocidade de processamento é uma habilidade cognitiva que se refere ao tempo que uma pessoa demora para realizar uma tarefa mental. Em outras palavras, refere-se ao tempo necessário para uma pessoa entender (atribuir significado) e reagir (elaborar uma resposta) a uma informação recebida por qualquer canal sensorial (visual, auditivo ou outros). 

A velocidade de processamento é um dos principais elementos envolvidos no processo cognitivo e, por isso, é uma das habilidades mais importantes para o raciocínio, a aprendizagem e a experiência.

Pessoas com boa velocidade de processamento tem grande habilidade para processar informações facilmente, de forma rápida e não consciente. Já pessoas com velocidade de processamento lenta demoram mais para realizar as mesmas tarefas, reagem com mais lentidão a informações simples do dia a dia (como na percepção de significados implícitos numa conversa, por exemplo) e podem ter mais dificuldades nas funções executivas (para planejar, estabelecer objetivos, tomar decisões, iniciar tarefas etc.).

A velocidade de processamento não está relacionada à inteligência

Condições do neurodesenvolvimento – como autismo, TDAH, dislexia e discalculia – podem estar associados à velocidade de processamento lenta ou deficitária. É importante ressaltar que a velocidade de processamento não está relacionada à inteligência. Inclusive, um dos meus pacientes com menor velocidade de processamento é justamente aquele que obteve a maior pontuação nas avaliações de QI entre todos que já atendi. 

Não é incomum que pessoas com velocidade de processamento lenta apresentem um desempenho notadamente abaixo da sua capacidade intelectual em diversas situações. Não é raro que professores ou familiares fiquem desconcertados e mesmo decepcionados, achando que a pessoa apenas não se esforça o suficiente, por isso é importante o entendimento de que se trata de uma dificuldade real, que requer acomodações (a principal delas sendo maior tempo para execução de tarefas e atividades).

A velocidade de processamento é um dos aspectos avaliados nas avaliações neuropsicológicas. Psicólogos especializados em neuropsicologia são os profissionais aptos a avaliar essa habilidade e a oferecer técnicas de estimulação para melhorar essa função, aproveitando nossa plasticidade cerebral.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

CRM 78.619/SP

Dra. Raquel Del Monde

É médica formada pela USP – RP (1993), com residência em Pediatria pela Unicamp (1996) e Treinamento em Psiquiatria da Infância e Adolescência também pela Unicamp (2013). Viu sua carreira mudar quando seu filho mais velho recebeu o diagnóstico de autismo em 2006. Desde então, vem se dedicando exclusivamente ao atendimento de pessoas neurodiversas, ao aprofundamento nas questões da neurodiversidade, e tornou-se uma ativista da luta anti-capacitista.